9 de fev de 2009

Geografia – 4ª série

Geografia – 4ª série

Plano de Aula: O Solo

Objetivos:


• Reconhecer os diferentes tipos de solo.
• Proporcionar momentos de discussões e troca de opiniões sobre a importância do solo.
• Vivenciar as propriedades do solo (permeabilidade e impermeabilidade).
• Identificar o solo mais propício para o plantio.

Temas transversais

Ética: diálogo, respeito mútuo, solidariedade.
Saúde: vida coletiva, informações úteis sobre transmissão de doenças causadas pelo mal uso do solo.
As principais características do ambiente e/ou paisagem da região em que se vive.
As diferenças entre ambientes preservados e degradados.
Os ciclos da Natureza: os recursos naturais.
Conservação do Meio Ambiente: poluição da água, do solo, do ar. Cuidados.
Valorização e proteção das diferentes formas de vida na natureza.
Pluralidade Cultural: Educação – Diferentes formas de transmissão de conhecimento: práticas educativas nas diferentes culturas.
Cidadania: conservação e transmissão de conhecimento.
Direitos e deveres individuais e coletivos.

Material a ser utilizado
• Argila, areia e terra preta, filtro de café, água, feijões.
• Caneta e papel para registrarem as observações feitas.

Procedimentos
1ª Etapa
Sensibilização: De acordo com a vivência dos alunos, questionar:
• Quais os tipos de solos que conhecem?
• Quais os elementos que contribuem para as variações do solo brasileiro?
• Qual é o tipo de solo encontrado da região onde moram?
• Quais são os fatores que prejudicam o solo para o plantio?

2ª Etapa
O primeiro passo é aprender a observar. Levar os materiais e os alunos para o pátio da escola e observar diferentes tipos de solo: areia, argila e terra preta.
Organizar os alunos em círculo e solicitar que observem e toquem no material.
Problematizar com os alunos sobre a cor, a consistência e outras características que eles percebem nos solos.
Após a observação registrar por escrito as características de cada material.

3ª. Etapa

Usando um filtro de café para cada amostra de solo, realizar a experiência de filtragem da água.
Através da experiência de filtração descobrimos que alguns solos possuem a propriedade de permeabilidade e outros não.
Qual dos solos permite que a água passe mais facilmente?
Registrar quais solos que são permeáveis e quais são impermeáveis.

4ª. Etapa

Preparar amostras dos solos para que sejam plantados feijões.
Os alunos irão acompanhar por alguns dias e registrarão o que observaram nas plantações de feijões em diferentes tipos de solo.
Em qual destes solos a semente de feijão nasceu?
Pelo que você observou, qual destes solos é o mais apropriado para o plantio?
O argiloso? O humífero (terra preta)? Ou o arenoso?

5ª. Etapa

Elaborar com os alunos os conceitos sobre a importância do solo, considerando as formas de destruição, suas conseqüências e as maneiras de evitá-las.
Estimular o aluno a entender a importância da preservação do meio ambiente.

Trabalho interdisciplinar

História: degradação do solo através do tempo.

Matemática: trabalhar com gráficos e tabelas, comparando pesquisas.

Português: leitura de textos pesquisados e produção de textos.

Música: composição de letras e músicas sobre o tema.

Artes: Pintura e colagens de cartazes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que é ser Pedagogo.

Há algum tempinho que acabei a faculdade de pedagogia, pela qual passei três anos da minha vida tentando entender à psicologia infantil, trabalhei alguns meses em cima da minha monografia, na qual, tinha o tema: A Psicanálise dos Contos de Fadas na Educação Infantil, não foi muito fácil, mais depois de três anos sem ter um pouco de vida pessoal e sem tempo estou aqui formada tentando algo que possa ser útil para minha formação.
Muita duvida tive, ao longo de minha formação, entre ela o papel do professor na vida de seu aluno pela qual reservo um pouco do meu tempo para trabalhar com vocês. Muitos me perguntam se vou lecionar aula, digo que não sei se um dia chegarei a enfrentar uma sala de aula, me perguntam então o porquê fiz o curso de pedagogia, descobri que o curso pelo qual sou formada me reserva muito mais do que uma simples sala de aula.
Voltando ao papel do professor agora sendo Pedagogo, para que e o porquê ter, ser um pedagogo, profissão que necessita de amor, respeito e responsabilidade, tendo como base os quatros pilares da educação: aprender a aprender, aprender a ser, aprender a fazer e aprender a conviver, servindo de base para a pedagogia.
O pedagogo precisa sempre estar atualizado, não se pode formar e estacionar em uma escola hoje ele precisa muito mais do que pegar na mão do aluno e ajudar ele a escrever, tem se como objetivo formar um cidadão críticos capazes de mudar a sociedade pela qual vivemos, tem que estar sempre aprendendo seja com seu aluno, com seu companheiro de trabalho, com a família ou com o amigo, apesar de que estes pilares da educação servem de base para tudo que se tem hoje, umas das causas pela qual a profissão de pedagogo tem aberto novos caminhos.
Ser pedagogo não significa só atuar em escola ou sala de aulas, tem que ser muito mais além, acima de tudo, precisa estar acompanhando tudo a nossa volta a historia muda a cada dia, não deixando para traz nossas raízes mais sim atualizando nossos conhecimentos e aprendendo a cada dia um novo jeito de compreender a vida.
Pedagogo vem de Pedagogia que é a ciência ou disciplina cujo objetivo é a reflexão, ordenação, a sistematização e a crítica do processo educativo, sua palavra tem origem na Grécia antiga, paidós (criança) e agogé (condução). O profissional cuja formação é a Pedagogia, no Brasil é uma graduação da categoria Licenciatura ou Gestão Escolar (administração escolar, orientação pedagógica e coordenação educacional). Devido a sua abrangência, a Pedagogia engloba diversas disciplinas, que podem ser reunidas em três grupos básicos: Disciplinas filosóficas, Disciplinas científicas e Disciplinas técnico-pedagógicas.

Minha lista de blogs

e-mail para contato

Entre e me ajudam

Mensagens ao Vivo e Telemensagens

Educar é um ato de amor

http://www.facebook.com/platform

Entre aqui